Cinco profissões que provavelmente deixarão de existir no futuro

 A tecnologia é uma das maiores maravilhas da humanidade. Ela já nos permitiu atravessar oceanos, construir arranha-céus e até mesmo nos aventurar no espaço. Seu avanço é inegável. Mas será que esse avanço é bom para todo mundo? Afinal, já é comum que a tecnologia substitua o trabalho humano em diversas atividades consideradas simples. Mas e quando as máquinas e softwares nos substituírem também em trabalhos que hoje empregam centenas de milhares de pessoas?

sem futuro

 

Às vezes, como no caso da cafeteria japonesa que contratou funcionários com paralisia para operar seus robôs, a tecnologia pode auxiliar no trabalho humano de maneira única. Porém, é muito provável também que, nos próximos anos, muitas funções tradicionais deixem de existir completamente. Até lá, vale a pena aproveitar o melhor que a tecnologia tem a nos oferecer para facilitar pequenas tarefas do dia a dia que exigem muito tempo ou esforço.

 

Veja, a seguir, cinco profissões que têm grandes chances de não existirem mais em um futuro próximo.

 

AGENTE DE VIAGENS

Quando viajar ficou mais fácil (e seguro) com a popularização dos aviões, o trabalho dos agentes de viagem foi mais necessário do que nunca. Responsáveis por planejar todos os detalhes da viagem, desde as passagens até a hospedagem, esses agentes eram procurados por centenas de clientes todos os dias. Hoje, porém, com a ajuda da Internet e de sites e aplicativos feitos para agilizar todo esse processo, o trabalho dos agentes de viagem tem caído em desuso e corre o risco de desaparecer em breve.

 

CARTEIRO

Os carteiros ainda exercem uma atividade essencial dentro de nossa sociedade com seu trabalho de entregar nossas encomendas, mas pode haver um dia em que sua função pode ser começar a ser realizada por robôs. Algumas empresas já estudam até mesmo como aplicar o uso de drones para fazer as entregas de suas encomendas de maneira mais rápida e segura. Nesse cenário, é capaz que uma das profissões que mais se valorizem nos próximos anos seja a de operador de drones, técnicos e outras relacionadas.

 

MOTORISTA DE ÔNIBUS

O transporte público é essencial para o bom funcionamento da rotina de uma cidade grande e os ônibus fazem parte desse mecanismo. Hoje, os motoristas de ônibus ainda são indispensáveis na maioria dos países, mas já existem lugares em que esses profissionais tornaram-se obsoletos e foram substituídos por ônibus autônomos, que dispensam a condução de um ser humano. Há quem defenda essa mudança por mais segurança, mas até lá teremos muito tempo para dar aquele clássico “bom dia” aos motoristas.

 

CAIXA DE BANCO

Com o surgimento e popularização das fintechs, que são sistemas tecnológicos financeiros, já há quem decrete o fim definitivo das agências bancárias com as conhecemos hoje. Afinal, a maioria das operações financeiras já podem ser realizadas com a ajuda de um aparelho de celular equipado com o aplicativo certo. Assim, espera-se que nos próximos anos os profissionais que atuam como caixas de banco deixem de existir ou comecem a assumir outras tarefas dentro dessas mesmas agências.

 

SECRETÁRIA

As secretárias tradicionais, daquelas que ainda vemos muito principalmente em filmes e séries que se passam nos anos 1960, já têm deixado de existir. Hoje, essas profissionais têm sido substituídas pela tecnologia, que permite que um executivo ou outro profissional que exerça um cargo de liderança planeje seu dia com a ajuda de aplicativos instalados em seu aparelho celular. A inteligência artificial instalada em alguns modelos de celular mais recentes também já realizam as atividades de uma secretária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *