Altere o seu Título Profissional AGORA! Veja porquê e como o pode fazer…



Muitos já viram esta imagem sobre o efeito Linkedin na criação de títulos sugestivos no perfil Linkedin. Embora esta imagem pretenda ridicularizar esta situação, este artigo vai mostrar-lhe a importância de um bom título.


Linkedin effect



headline (Título) profissional do seu perfil Linkedin é talvez um dos elementos mais importantes que deverá ter em conta quando constrói a sua presença nesta rede profissional. Estes 120 caracteres têm um impacto forte nos outros utilizadores. O que escrevemos aqui diz um pouco do que somos e do que fazemos e talvez do que ambicionamos fazer.
 Titulo Linkedin
As primeiras impressões do seu perfil são feitas em função da informação que coloca neste título profissional. Em muitos casos, o utilizador não irá visitar o seu perfil se não tiver um título sugestivo e atraente.
Quando fazemos convites, enviamos mensagens, InMails, participamos em discussões em grupos e aparecemos nas pesquisas efectuadas por utilizadores, o título do seu perfil Linkedin surgirá em destaque.
titulolinkedin
Temos 120 caracteres para chamar a atenção a quem nos procura. Para tal, ofereço algumas sugestões. Será importante realçar que a situação profissional do utilizador é determinante para o tipo de texto que queremos incluir no título.
Se está atualmente empregado e não procura emprego, lembre-se que pode sempre optar por soluções mais conversadoras, indicando:
1. Título profissional que usa na empresa (não necessita de colocar o nome da empresa a não ser que seja reconhecida nacional e/ou internacionalmente)
mas deve ainda adicionar…
2. a sua área de negócio;
3. o seu foco de interesses profissionais, algo sobre a sua experiência…
Cuidados especiais para os acrónimos, siglas ou diminutivos da sua área de especialidade (ex. PMP, ITIL, ENG, MBA, etc…). Se forem denominações aceites na sua área, coloque-as mas com moderação e bom senso.
Sugestões de “headlines” para quem procura emprego
Lembre-se que os recrutadores são pessoas ocupadas e têm sempre pouco tempo para avaliar perfis de utilizadores. Muitos títulos são tão fracos e pouco específicos que é difícil entender exatamente o que a pessoa faz. Outros não dizem nada ou então até “Desempregado at Desempregado”. Um título vago ou excessivamente criativo apresenta 2 problemas – um título criativo provavelmente carece de determinadas palavras essenciais ao recrutador; por outro lado, as pessoas que procuram esses candidatos são pessoas ocupadas. Eles não têm o tempo necessário para traduzir o significado de “ajudo empresas a…”
Pesquisa titulo Linkedin
Tem 5 segundos para convencer um utilizador a clicar no seu perfil a partir de uma página de resultados de pesquisa com uma longa lista de outros utilizadores.
ALERTO PARA O CUIDADO ESPECIAL DE QUEM ESTÁ EM TRANSIÇÃO MAS AINDA NÃO SE DESVINCULOU À SUA ENTIDADE EMPREGADORA.
– Indique as suas áreas de especialidade (sem abusar nas palavras chave!) – os recrutadores chegam ao vosso perfil pelas palavras-chave que podem estar em vários locais do seu perfil Linkedin mas que é essencial que estejam no título.
– Reforce com a força da experiência nestas áreas (anos de experiência)
– Aponte algumas das funções que procura e que pode vir a desempenhar. A maioria das pesquisas é feita a cargos ou funções profissionais.
Devem criar impacto a quem o vê pela primeira vez. Não exagere no seu título, vendendo-se em demasia!!!
Os recrutadores querem saber quem é, que experiências apresenta e o que pode trazer às empresas.

 
Em função destas orientações, o que poderá dizer o seu título profissional?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *