Erros básicos a evitar no Linkedin para quem procura emprego

Já publicámos por aqui muitas dicas e muitas estratégias para os mais variados tipos de utilizador. Os utilizadores que procuram ou buscam emprego são sempre em numero significativo no Linkedin. De fato, para os candidatos a emprego, o Linkedin é uma das melhores ferramentas online para o conseguir.

Convém compreender que a plataforma tem algumas particularidades e que não são admissíveis erros grosseiros que podem hipotecar a imagem de alguém que procura emprego no Linkedin. Vamos tentar listar vários erros a evitar.

1. Não personalizar a URL pública do seu perfil LinkedIn. 
Queremos a URL assim: http://www.linkedin.com/in/caramez e nãohttp://www.linkedin.com/pub/4/55/213

2. Não incluir uma foto ou ter foto desadequada
Queremos mostrar-nos de forma profissional! Logo, as fotos com óculos de sol, logótipos ou outros tipos não vão contribuir para reforçar a nossa marca e não vamos seguramente envolver as pessoas.

3. Não adicionar links para sites ou páginas da web. 
Inclua links para o seu site, blogue, VisualCV, ou outros perfis online. Desta forma, as pessoas podem obter mais informações sobre a sua marca e o que está a fazer.

DICA: Personalize sempre estes links. Texto personalizado em vez de MY company, my personal blog, etc.

 

Procura um Novo Emprego ou Progredir Na sua Carreira?

Saiba como pode colocar o seu perfil no TOPO das pesquisas dos principais recrutadores Sim! Quero encontrar o emprego dos meus sonhos AGORA

4. Não ter um título (headline) profissional apelativo, sem evidenciar a sua área de negócio e/ou especialidade.


Ver artigo: Título Profissional no Linkedin
5. Não ter recomendações 
Solicitar recomendações que reforçam a sua marca à vista de outros é muito importante. Precisamos de pelo menos 3!

Ver artigo sobre recomendações!

6. Não gerar aquela química especial na secção do Resumo (Summary) sem a sua proposição de valor e o seu posicionamento diferenciador (added value).



Queremos captar a atenção das pessoas! Quem sou eu? Porque posso fazer a diferença na sua empresa? Porque me devem contratar? Inclua números grandes e nomes de marcas de suas empresas e clientes.

e…

precisa de incluir o seu contacto telefónico / email para facilitar o contacto do recrutador!
7. Não inclui os “Interesses” na secção das Informações adicionais na parte inferior do seu perfil.

Fale brevemente sobre as suas paixões e ainda complete a “all Picture” sobre a sua pessoa. Escrevendo um pouco sobre os seus passatempos favoritos pode atrair aqueles que compartilham os mesmos interesses.

 

Procura um Novo Emprego ou Progredir Na sua Carreira?

Saiba como pode colocar o seu perfil no TOPO das pesquisas dos principais recrutadores CLIQUE AQUI para encontrar o emprego dos meus sonhos AGORA

 
8. Não ter um perfil Campeão –  100% concluído.



O LinkedIn sugere que, quando o seu perfil está 100% concluído, as suas hipóteses  de subir para o topo das pesquisas LinkedIn vão melhorar.

Para estar 100% completo:

Posição actual

Duas posições anteriores

Educação

Resumo do Perfil

Foto do perfil

Especialidades

9. Não atualizar o seu perfil com regularidade. 
Atualizar o “O que você está fazendo?” é imperioso. A actualização das suas actividades à rede de contactos é importante mas deve ser feito com método para não se tornar impertinente, mantendo a rede informada.

Para gerir a sua presença no Linkedin, aconselho a utilização de uma plataforma para calendarização de atualizações e acompanhamento de toda a actividade no Linkedin. Um bom exemplo: Hootsuite.

10. Negligenciar os Grupos LinkedIn! 
Existem milhares de grupos no Linkedin! Junte-se aos grupos apropriados em função dos objectivos a que se propõe. Participar em discussões,  publicar artigos e informações que serão úteis para outros membros. E também visualizar a página de emprego dentro dos grupos!


11. Não personalizar a mensagem padrão com o convite para fazer novos contactos.

Alterar a mensagem: “Gostaria de te adicionar à minha rede profissional no LinkedIn” com um texto personalizado com as razões que o levaram a fazer o convite.



Ler artigo obrigatório: Como escrever o convite perfeito no Linkedin.

12. Promover-se a si mesmo em demasia nos Grupos LinkedIn.
CONTRATEM-ME! CONTRATEM-ME! CONTRATEM-ME! CONTRATEM-ME! CONTRATEM-ME!

Um dos meus leitores acrescentou um erro básico:

O uso do Linkedin como envio de currículo em broadcast – enchendo a caixa de correio de outros utilizadores desconhecidos!
13. Não verificar os perfis empresa no LinkedIn. Pode seguir a actividade das empresas no Linkedin (empregos, notícias actualizados)!


14. Esquecer a página oficial do emprego do LinkedIn – reúne milhares de anúncios de emprego, muitos dos quais são anúncios exclusivos.

Se deseja progredir na carreira, encontrar um novo emprego, ou está a procura da sua entrada no mercado de trabalho… Então convido a participar neste…

workshop-de-emprego-linkedin


 

2 comments

  • Claudinei

    Excelentas dicas, Caramez! Grato por compartilhar.

  • Olá Caramez,

    Sobre a URL personalizada, eu tenho uma sugestão. Eu não coloco meu nome nela e sim, deixei como ‘editorweb’.

    O motivo: quem está buscando um profissional, não busca pelo nome, mas sim pela profissão ou habilidade de que necessita. E tem dado certo para mim.

    Mas posso estar enganado, se puder confirmar ou argumentar, por favor, fique à vontade.

    Gostei muito do seu post, as dicas são valiosas.

    abs,

    René Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *