Quer Convidar Pessoas no Linkedin? Veja as alterações!

O Linkedin tem apresentado algumas alterações em áreas sensíveis da rede. Uma das alterações recentes está associada aos convites!

 

Quando solicitávamos um pedido de conexão no Linkedin, a rede oferecia várias opções entre estas, a opção Grupos.

Sempre achei que esta opção era mais cómoda para a maioria dos convites que se queriam fazer para profissionais que ainda não conhecíamos pessoal e profissionalmente.

convite linkedin antigo

Para surpresa de todos, o Linkedin eliminou essa opção e apresenta agora as outras opções. A última opção nunca fez sentido desde o início mas continua presente!

 

convite linkedin atual

Assim, resta-me sugerir 2 opções:

 

1ª opção – sinalização da opção “Fizemos negócios juntos” + a mensagem personalizada.

Na mensagem deve ser explicada a utilização desta opção!

 

2ª opção – utilização do aplicativo móvel para enviar convites. Quando visitarmos o perfil de alguém, cliquem na caixa com uma seta no canto superior direito da página e selecionem personalizar convite!

 

E terão apenas espaço para incluírem um texto personalizado de convite. Tão simples!

convite linkedin mobile

 

 

Vamos a isso?

6 comments

  • Angelika Lima

    E quando a opção fica apenas a de colocar o e-mail? Penso que já era altura do linkedin, abrir horizontes, deixando a cargo de quem recebe os convites aceitar ou nao! Na minha opinião limitar o numero de convites enviados é absurdo

  • Rui Caramez

    A opção de colocar o email pode estar relacionada com 2 situações:

    – Opção selecionada pelo Utilizador

    – Ter a sua conta restrita.

    Para levantar a restrição, deve clicar neste link. http://www.linkedin.com/unrestrict?display

  • Maria José Alemão

    Bom dia,
    Tem-me acontecido, agora com mais frequência, aceitar convites aparentemente inócuos mas que se vieram a revelar tóxicos porque motivados por intenções duvidosas.
    Há alguma forma de bloquear essas pessoas ou eliminá-las da minha rede?
    É que o LinkedIn não é o Facebook…
    Grata pela atenção,
    Maria José Alemão

  • Rui Caramez

    Para remover / bloquear uma pessoa da sua rede, deve:

    – Aceder ao perfil dessa pessoa.

    – Do lado direito do botão ENVIAR MENSAGEM, encontra uma pequena seta. Clique e selecione a opção pretendida. A opção bloquear vai desconectar a pessoa e não permitir que volte a conseguir ver o seu perfil.

    Mais dúvidas, avise-me.

  • Antonio Castro

    Olá a todos

    Bom, primeiro começo por mais uma vez, agradecer ao Pedro, a grande ajuda que nos/me tem dado tanto através do livro como nesta sua página.

    Tenho sido, ou tento ser um bom Embaixador desta Rede Profissional, junto de todos os meus colegas e amigos, mas confesso, tal como eles, cada vez estou mais descontente com o Linkedin.

    Cada alteração que faz, em vez de simplificar, parece que tem o dom de complicar.

    E o exemplo começa logo por aqui, no convite que é endereçado

    Colega – Não faz sentido algum adicionar, se já é “colega”, é apenas mais um contacto e nada mais apenas serve para alguém fazer pesquisa, nos bastidores.

    Colega de Classe – Por que motivo, alguém coloca uma coisa destas, não era suposto ser uma Rede Profissional? Quanto muito servirá apenas, para o receptor perceber qual a ligação…pessoalmente também confesso, que nunca me dei a esse trabalho de ver qual a origem do pedido.

    Amigo – “Again”? Rede Profissional Linkedin, Rede Social Facebook! Contudo, pode até ter interesses profissionais, mas sendo “amigo”, não preciso de estabelecer com ele, qualquer vínculo por aqui assim como em cima com o colega.

    Outro – Este por motivos óbvios, bloqueia o envio directo, e obriga-nos a colocação do email do receptor. Acontece que até provocado pela própria maneira de estar, actual do Linkedin, grande parte das pessoas, têm tendência a achar, que ao aceitar uma conexão, estão a “firmar” qualquer compromisso com alguém, de maneira que alguns, têm até medo de colocar o seu endereço no perfil, a grande maioria não os tem, alguns mesmo até com um perfil criado de forma exemplar, não os têm.
    chega ao paradoxo de quando chegamos ao campo de “Dica para entrar em contato com X: terem até escrito: “enviar email” e depois não o terem exposto 🙁

    Não conheço – No Coments

    Depois tem a questão que o Linkedin, da limitação de convites
    Quanto a mim, também não faz qualquer sentido, mas isso são políticas internas, e como tal vou respeitar.

    O mesmo já não acontece à restrição (o caso actual do meu).

    Segundo o Linkedin, não devemos convidar pessoas, que não se conheça.
    Como referia acima, em termos profissionais, não consigo compreender, qual o porquê de limitar/restringir, profissionalmente um qualquer utilizador, a um círculo que já se conhece, tão pouco perceber, por que razão então, o Linkedin debita diariamente a todos nós, umas centenas de conexões sugeridas, dos diferentes campos do globo?

    Será que estão à espera que nós conheçamos aquela gente toda? No meu caso em concreto, como uso as ditas “redes sociais/profissionais” para estabelecer contactos e partilhar conhecimento/experiências, com pessoas das diferentes zonas do Globo, obviamente que não os conheço, mas temos interesses em comum.

    Depois tem um novo aspecto que começa a incomodar, que tem a ver com a “pesquisa”.
    Não sei, se só estará a acontecer comigo, mas o Linkedin, começou a restringir também aqui o número de consultas. 🙁

    Actualmente vou quase com 2500 conexões, mas o Linkedin, mesmo com o link que o Pedro me ensinou, hoje apenas me deixa visualizar a primeiras 100 paginas, que dá para visualizar apenas e sempre, os primeiros 1000 users dos meus contactos, 🙁 então e seu pretender visualizar os outros, tenho que ir à minha rede de contactos e visualizar um a um? Como muita pena minha, mas é esta a actual realidade do Linkedin.

    O Linkedin, pelos vistos também ainda não percebeu que “na ausência de um endereço” de email do receptor, quando não se consegue o mesmo cruzando informação na net, a única solução possível, é mandar o convite da sugestão sugerida por ele, de forma automática.

    Quando assim é, a “não possibilidade” de sermos nós a escrever o próprio convite, ao clicar para seguir directamente, vai com o com texto criado por eles, que está por defeito, 🙁 se o outro lado atender a isso, chega a mesmo ser desagradável para quem recebe, por ser tão “sequinha”.

    Não faz sequer fazer diferença de género, se Masculino ou Feminino o emissor, e trata quase o receptor por tu.
    Na verdade é tão má e curta, que nem para convidar um amigo devia servir, talvez também por isso, por ser um convite criado de forma tão desagradável, alguns dos receptores resolvam declinar e assinalar o emissor como não conhecido!

    Também não consigo compreender, porque o nosso perfil, que antes dava para visualização, agora passou a estar sempre activo “para Edição”, enfim! 🙁

    Um “User” descontente
    António

  • Olá, colegas de além mar!
    Quero agradecê-los pelos posts aqui colocados e partilhar de suas dúvidas e problemas na rede LinkedIn.
    Eu, particularmente, a utilizo de maneira exponencial desde 2014 e confesso que tem sido fundamental tanto para a manutenção de meus contatos, quanto para a conquista de novos e até o encontro de profissionais que tinha perdido há algum tempo.
    Entretanto, tenho que concordar com o que a maioria aqui expôs sobre as dificuldades de fazermos novos contatos e as opções, digamos, duvidosas que essa rede profissional nos dá para realizarmos isso.
    Creio que não devemos nos esquecer que essa rede tem dono e que o mesmo sobrevive dos contratos feitos nas diferentes fases do Premium. Assim, é natural que o mesmo coloque alguns limites para a expansão de nosso número de contatos.
    Também não entendia porque a maioria dos profissionais não colocavam seus e-mails no perfil mas, depois de receber uma série de convites nada profissionais, percebi que não estavam de todo errados e também retirei o endereço eletrônico em meu perfil.
    Assim, para aqueles que já ultrapassaram os seus limites de convites, só resta duas alternativas: contratar os serviços Premium ou procurar nos perfis endereços abertos para envio de novos convites.
    Porém, deixo aqui uma dica que venho fazendo há algum tempo e confesso tem dado resultado. Procurem visitar perfis de profissionais que gostariam de estabelecer contato. Com alguma sorte, essa visita é visualizada pelo profissional em sua linha do tempo daqueles que o visitaram e, talvez, se interesse pelo seu perfil e o convide para participar de sua rede.
    Um grande abraço a todos os irmãos portugueses e saibam que torço por sua seleção na Eurocopa de 2016!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *