Linkedin melhora o seu PAGE RANK do Google

Em todas as formações que tenho dado, falo sempre da importância do Linkedin nas pesquisas que se fazem no Google sobre o nosso nome.

Esta visibilidade virtual deve ser acompanhada com regularidade. Afinal de contas, muita das vezes é a primeira forma de aferir sobre alguém que se conhece pela primeira vez.



Numa pequena pesquisa Google que efectuei com nomes da minha rede de contactos, é possível perceber que a sua maioria apresenta no 1º lugar das pesquisas, o seu perfil Linkedin.

RAZÃO

O Linkedin tem um Google Page Rank de 9 em 10. Esta alta visibilidade e relevância faz com que as suas páginas tenham uma importância elevada para os motores de pesquisa.

PR CHECKER – Veja qual o Page Rank da sua página pessoal.

DICAS CHAVE A TER EM CONTA NO LINKEDIN

Apesar de serem muito simples, deixo-vos algumas dicas.

1. Apresentar um Perfil Público – analise a parte das suas configurações aqui. Por defeito, todos os perfis são públicos.

2. Mostre a totalidade do perfil para que todos o vejam (dentro e fora do Linkedin).

3. Criar um URL personalizado com o seu nome – http://pt.linkedin.com/in/caramez – muito importante que o endereço tenha o seu nome e não o da empresa. Não deixe de o personalizar, vai certamente perder algum protagonismo nos motores de busca.



4. Se o interesse sobre a visibilidade recair na empresa, crie um perfil próprio da empresa aqui. Em muitas empresas, a pesquisa orgânica no Google devolve primeiro o seu registo no Facebook ou no Linkedin e só depois o seu website institucional.

2 comments

  • No PR Checker diz que não encontra o site e apresenta razões pela qual isso pode estar a acontecer, mas eu sei que nenhuma delas é valida na minha situação…help!

  • Olá Gustavo,

    não encontra que página?

    Podes estar a analisar uma página não indexada ao Google. Normalmente acontece em páginas dentro dominio principal. Tens sempre de analisar o dominio principal linkedin.com. Se quiseres instalar http://www.quirk.biz/searchstatus/ para as tuas análises… 🙂

    Abr
    ricardo

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *